quarta-feira, 28/02/2024
HomeEconomiaShoppings de Campo Grande acumulam 84 espaços vazios

Shoppings de Campo Grande acumulam 84 espaços vazios

Data:

Com as finanças comprometidas e o endividamento em alta por conta da recessão econômica, a população brasileira segue com o consumo em retração.

De janeiro a maio deste ano, o setor amarga queda de 1,8% em vendas no Estado e, nos últimos 12 meses, retração de 5,2%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nem mesmo os shopping centers escaparam desse cenário de desaceleração e o resultado pode ser visto em breve passeio pelos cinco empreendimentos de Campo Grande, principal referência do varejo estadual, atualmente com 650 lojas em operação, conforme estimativa repassada pelas assessorias.

Contudo, pelo menos 84 lojas fecharam as portas ou deixaram de iniciar as atividades nos centros de compra campo-grandenses.

A maior quantidade de lojas fechadas ou vazias (aguardando locação) está nos shoppings Bosque dos Ipês e Estação, na área central, justamente os últimos a se instalarem em Campo Grande e que tiveram seu início de operação coincidindo com o agravamento da recessão econômica no País, há três anos.

Porém, até mesmo no pioneiro da cidade, o Shopping Campo Grande, que completa 28 anos em outubro deste ano, vitrines com tapumes também “dão as caras”.

São seis lojas de portas fechadas atualmente no local, seja por motivo de reforma, balanço, mudança de endereço ou encerramento definitivo das atividades, como ocorreu com a MeMove, em abril. Já entre as novas lojas incluídas no mix do empreendimento, foi inaugurada recentemente a Usaflex.

CorreiodoEstado

spot_img
spot_img