sábado, 24/02/2024
HomeDestaqueSefaz entrega termos de benefícios com JBS à CPI que investiga governador...

Sefaz entrega termos de benefícios com JBS à CPI que investiga governador de MS

Data:

Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) investiga Reinaldo Azambuja (PSDB) por crime de responsabilidade após denúncias na delação da JBS

img-5821

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga supostas irregularidades na concessão de benefícios fiscais pelo governo de Mato Grosso do Sul, recebeu nesta quarta-feira (28) documentos da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz).

Termos de acordo que permitem à JBS o direito a descontos no pagamento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) estão entre os documentos entregues pelo secretário de fazenda, Márcio Monteiro.

O envelope lacrado está nas mãos do presidente da CPI, o deputado Paulo Corrêa (PR), que vai guardar os documentos sigilosos na própria sala, onde a comissão vai trabalhar.

A comissão vai investigar crimes de improbidade administrativa do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) a partir das delações do empresário Wesley Batista, dono da JBS. Os donos da JBS afirmaram que pagavam propina em troca do benefício e que essa prática foi adotada durante os três últimos governos.

A CPI tem 120 dias para apresentar as primeiras conclusões. Os deputados vão analisar os documentos e, depois, convocar depoimentos que forem necessários.

Ainda nesta quarta-feira, a comissão deve aprovar os nomes de três auditores que vão ajudar na análise dos documentos. Todos os membros que participarem da investigação terão que assinar termos de confidencialidade para garantir sigilo da documentação.

Fonte: G1/MS Foto: Victor Chileno 

spot_img
spot_img