sábado, 24/02/2024
HomeCidadesCorumbáSanta Casa de Corumbá abre período noturno para sessões de Hemodiálise

Santa Casa de Corumbá abre período noturno para sessões de Hemodiálise

Data:

O Centro de Hemodiálise da Santa Casa de Corumbá iniciou na segunda-feira (26) atendimento noturno. O terceiro turno será realizado sempre as segundas, quartas e sextas-feiras e atenderá até 24 pacientes. Inicialmente, foram disponibilizadas nove vagas para a terapia renal substitutiva. A administração está aplicando recursos próprios do Município para o funcionamento do tratamento em período noturno.

“Devido ao aumento da demanda de pacientes que necessitam da terapia renal substitutiva, foi prudente e necessária a abertura num terceiro turno para possibilitar que esses pacientes recebam o tratamento no nosso município.  A clínica já funciona e atende, no seu total, 94 pacientes pela manhã e a tarde, de segunda a sábado e não teríamos mais vagas disponíveis no período diurno”, explicou o secretário Municipal de Saúde, Rogério Leite.

De acordo com o secretário, que destacou o avanço no setor, o “terceiro turno será realizado as segundas, quartas e sextas atendendo até 24 pacientes. Mas, inicialmente são nove vagas que necessitam dessa urgência de tratamento. As sessões começam assim que termina o segundo turno de tratamento, com período de quatro horas de sessão de diálise. É mais um avanço da saúde, crescimento no aporte dando qualidade de vida para a população e todo atendimento necessário”, disse o titular da pasta.

Rogério ressaltou que a Administração está aplicando recursos próprios do Município para o funcionamento do tratamento em período noturno. “A Prefeitura está fazendo aporte de custeio desse serviço, junto à clinica, que já trabalhava com pacientes acima do teto de custeio do Ministério da Saúde e tendo que arcar com recursos próprios da clínica. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira determinou o aporte de recursos próprios do Município fazendo com que o munícipe tenha esse atendimento em Corumbá e não precise se deslocar para Campo Grande”, completou o secretário Municipal de Saúde.

Um dos médicos responsáveis pelo Centro de Hemodiálise, o nefrologista, Rodrigo Nassar Ricarte, afirmou que a abertura do tratamento noturno garante atendimento aos pacientes que precisavam. “Foi extremamente importante, estávamos com dificuldades por falta de vagas e alguns pacientes esperavam a abertura do terceiro turno para que pudéssemos encaixá-los e dar o tratamento adequado que necessitavam”, disse ao explicar, em linhas gerais, que a hemodiálise “é um procedimento para filtrar o sangue e fazer o trabalho que o rim deveria estar fazendo, mas não faz por estar doente. Uma máquina substitui esse rim”, completou.

Paciente renal, o professor Dilson Antônio Moraes da Fonseca, disse que com o tratamento noturno foi possível conciliar seu trabalho com as sessões de hemodiálise sem maiores prejuízos profissionais. “A escola havia se adaptado aos meus horários de hemodiálise e me deixou livre terças, quintas e sábados pela manhã. Que era o horário que eu fazia. Assumi uma coordenação e houve necessidade de exercê-la em dois períodos, manhã e tarde. Esse terceiro turno foi fantástico, pois posso atender meu trabalho normalmente e continuar com meu tratamento”. Ele frisou que houve aumento no número de pacientes renais na cidade e o “terceiro turno veio para atender essa demanda. Se não houvesse esse atendimento teríamos óbitos”, finalizou.

Fonte: Corumbá On Line

spot_img
spot_img