quarta-feira, 21/02/2024
HomePolíticaCâmara suspende votação de reajuste por falta de informação sobre impacto

Câmara suspende votação de reajuste por falta de informação sobre impacto

Data:

Os projetos de reajuste para três categorias do funcionalismo público de Campo Grande, cuja votação estava prevista para esta quinta-feira (22), foram retirados de pauta. O pedido foi do município pela falta de documentos sobre o impacto financeiro que as medidas vão provocar no caixa municipal.

Conforme o líder do prefeito Marquinhos Trad (PSD), na casa de leis, o vereador Francisco Almeida Telles, o Chiquinho Telles (PSD), não há chance de o projeto de aumento dos enfermeiros ser votado hoje. Pois, neste caso, o impacto financeiro será grande e a prefeitura quer enviar dados detalhados sobre isso.

Já os dois outros, que são as propostas de reajuste de professores e guardas municipais, podem ser incluídos novamente na pauta ainda hoje. Isto se os dados, considerados mais simples, sejam encaminhados até o fim da sessão desta quinta-feira.

Conforme o Sindicato dos Guardas Municipais, a categoria vai ter um aumento no salário-base de R$ 763,50, passando de R$ 811 para R$ 1.574,50.

Com os abonos incorporados aos salários, a remuneração base dos enfermeiros vai passar de R$ 1,2 mil para R$ 1,6 mil.Segundo o presidente da Comissão de Finanças da Câmara, vereador Eduardo Romero (Rede), a questão do impacto é importante, não só pelo aumento, mas porque o reajuste afeta diretamente o setor Previdenciário. “Não adianta nada aumentar e não ter saldo depois”.

Fonte: CGNEWS Foto: Richelieu de Carlo

spot_img
spot_img