Entre as medidas estão a abertura de concurso público para reforço na fiscalização e mudança na junta que analisa as multas para o consórcio.

Um termo de ajustamento de gestão (tag) do transporte coletivo de Campo Grande para melhoria do setor, foi assinado na manhã desta quarta-feira (11), no Tribunal de Contas.

Segundo o órgão, no total, são 29 medidas, como melhorias a serem adotadas para melhorar o transporte coletivo da capital.

Acordo do Tribunal de Contas prevê 29 melhorias no transporte coletivo de Campo Grande. — Foto: Prefeitura de Campo Grande/Divulgação

Entre as medidas estão a abertura de concurso público para reforço na fiscalização e mudança na junta que analisa as multas para o consórcio. A punição para o descumprimento de cada regra é multa de R$ 13 mil a mais de R$ 20 mil.

O termo teve participação da prefeitura, do Consórcio Guaicurus e das agências de trânsito e regulação.

O tag é resultado de um relatório do Tribunal de Contas que apontou 14 irregularidades no transporte coletivo e definiu prazo para que eles fossem resolvidas.