De acordo com meteorologista, Natálio Abraão, segunda chuva em menos de 24h foi de 12 milímetros. Umidade relativa do ar que estava em 12% passou para 60% aliviando o calorão que atinge a cidade.

A chuva que caiu na tarde desta quarta-feira (7) em pontos isolados da capital de Mato Grosso do Sul acompanhada de granizo, ventos e raios, surpreendeu os campo-grandenses. Segundo o meteorologista Natálio Abrão, a temperatura máxima chegou a 40,3 graus, mas caiu para os 29 graus depois de pequena tempestade.

Conforme o meteorologista, a chuva foi de 12,8 milímetros e durou 15 minutos. Os ventos chegaram em alguns pontos a 49 km/h.

Chuva de granizo, ventos e raios surpreendem campo-grandenses

Conforme Natálio, as causas da repentina chuva é devido a temperatura elevada aliada a presença de umidade, o que provocou uma área de instabilidade com pancadas isoladas.

A umidade relativa do ar que estava em 16%, passou para 60%. Apesar da queda na temperatura, o meteorologista afirma que esta logo volte a subir.

Chuva de 15 minutos derruba temperatura em Campo Grande após forte onda de calor.

Depois de quase 50 dias, a primeira chuva após da extensa estiagem, caiu no início da tarde desta terça-feira (6) e ajudou a derrubar a temperatura que estava 39,9 graus amenizando um pouco o forte calor que atinge a capital de Mato Grosso do Sul. Até então não chovia em Campo Grande desde o dia 21 de setembro.

FONTE: G1 MS