Em todo o País, foram registrados 930 casos

Créditos: Adriel Mattos/Correio do Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul descartou sete suspeitas do novo coronavírus. Com isso, o número de suspeitas se manteve em sete. Os dados constam no boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (9).

Um caso em Campo Grande foi descartado após testes em laboratório do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo (IAL-SP). Outra notificação da Capital foi descartada pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do Estado após o paciente ser diagnosticado com o vírus Influenza “A” H1N1. Pelo mesmo motivo foi descartado outro caso em Dourados.

Duas notificações em Maracaju e Campo Grande foram descartadas após os pacientes serem diagnosticados com metapneumovírus pelo Lacen. Dois casos passaram a ser investigados em Dourados e na Capital.

Para o descarte, os critérios são: diagnóstico de outro vírus, não cumprir os critérios das autoridades nacionais de saúde.

BRASIL

No boletim do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira, Mato Grosso do Sul tinha 11 notificações. Essa diferença se dá pelo lapso temporal de até 24 horas para atualização do sistema nacional.

Foram notificados 930 casos e descartados 685. 25 pacientes foram diagnosticados com a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. São Paulo segue liderando, com 16 casos. Além dos episódios no estado, foram identificados três no Rio de Janeiro, dois na Bahia, um no Distrito Federal, um no Espírito Santo, um em Alagoas, e um em Minas Gerais.